segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Jovem morta atropelada contou para família que namoro da amiga era abusivo; suspeito teve prisão decretada

Pablo Henrique Campos foi autuado em flagrante por feminicídio e teve a prisão preventiva decretada nesta segunda-feira (30).

Por Lucas Pessoa, G1 PI


Vanessa Carvalho morreu após ser atropelada na Zona Leste de Teresina. Suspeito foi autuado por feminicídio. — Foto: Reprodução/Instagram

A jovem Vanessa Carvalho, que morreu ao ser atropelada junto com a amiga Anuxa Alencar na noite do sábado (28), havia contado para a família ter presenciado o suspeito do crime sendo agressivo com a namorada, outra vítima do atropelamento. Segundo a prima de Vanessa, ela contou para a mãe que o relacionamento da amiga era abusivo.

O suspeito do atropelamento é o namorado de Anuxa, Pablo Henrique Campos. Autuado em flagrante por feminicídio e tentativa de feminicídio após ser achado pela polícia dormindo em casa ainda no domingo, ele teve a prisão preventiva decretada nesta segunda-feira (30). A prima de Vanessa Carvalho acompanhou a audiência de custódia dele.

“A Vanessa disse para mãe dela que presenciou ele sendo agressivo com a namorada Anuxa e que o relacionamento deles era conturbado. Ele era uma pessoa que tinha um histórico agressivo e que já respondeu por violência doméstica. A Vanessa entrou pra estatística das vítimas de feminicídio sem ter nada a ver com o relacionamento do suspeito", contou a advogada Kemilly Miranda, prima da vítima.


A advogada Kemilly Miranda, prima de Vanessa Carvalho — Foto: Lucas Pessoa/G1

Kemilly Miranda contou que a prima era uma jovem alegre que amava a família e amigos. “A minha prima cresceu junto comigo, nós éramos bem próximas. Ela era uma menina extremamente feliz. Uma característica da Vanessa era que ela era uma amiga muito fiel, e eu acredito que ela tomou partido dessa amiga e acabou sendo vítima”, disse.

Vanessa Carvalho foi sepultada na manhã desta segunda-feira (30), na Zona Sudeste de Teresina. Durante o enterro, a família relatou que estão desolados e esperam por justiça.

Entenda o caso


Carro utilizado por Pablo Henrique Campos, preso suspeito de ter atropelado a namorada e uma amiga na Zona Leste de Teresina. — Foto: Mauro Alves/ TV Clube

Pablo, Vanessa e Anuxa, segundo a Polícia Civil, teriam ido juntos a uma festa de casamento na noite do sábado (28) em um buffet localizado na Avenida Homero Castelo Branco, bairro Ininga, Zona Leste de Teresina. Na madrugada de domingo (29), o casal teria tido uma briga.

Os três deixaram o local da festa e Anuxa saiu no carro do namorado, mas retornou e entregou a chave a ele. Ela e Vanessa tentavam ir embora no carro de outra amiga quando foram atropeladas.

"Ela não aceitou ir embora com ele. Quando ela estava se deslocando para o outro veículo, ele se direcionou contra Anuxa e a amiga com o carro. Isso tudo conforme a dinâmica vista preliminarmente e com base no relato de testemunhas, de que ele teria acelerado e direcionado o carro contra as duas", relatou a delegada Anamelka Cadena, subsecretária de segurança pública do Piauí.

Nenhum comentário:

Postar um comentário