segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Feita no Piauí, Câmara Federal ganha estátua de Ulysses Guimarães

Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O MDB, que elegeu neste domingo seu novo presidente, o deputado federal Baleia Rossi (SP), comemorou nesta segunda-feira (7), o aniversário de 103 anos de nascimento de Ulysses Guimarães. Como homenagem, foi colocada na entrada do plenário da Câmara Federal uma estátua do ex-deputado, considerado um emedebista histórico. A obra de arte foi confeccionada pelo artista plástico piauiense, Clauberto Santos.

“Fui procurar um artista plástico do Piauí, o Clauberto Santos, autor de algumas obras inclusive aqui na Câmara e pelo Brasil afora. Essa belíssima estátua instalada no salão verde foi construída no Piauí e transportada para Brasília. É uma festa grandiosa do partido e em particular para o Piauí por tudo que se passou hoje aqui”, disse o ex-ministro João Henrique e secretário-executivo da Fundação Ulysses Guimarães, João Henrique Sousa.

O ex-ministro disse que conviveu com Ulysses Guimarães na Câmara dos Deputados apenas dois anos. “Eu convivi com Dr. Ulysses só dois anos. Cheguei aqui em 91 e convivi com ele até outubro de 92 quando ele se foi, mas eu convivo com a imagem dele diariamente na medida que eu sou secretário executivo da fundação há 12 anos”, afirmou.

Legado

Ulysses Guimarães teve uma ampla participação durante as campanhas pelo retorno do País à democracia. Em 1979, com o fim do bipartidarismo, o MDB converteu-se no Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) do qual se tornou presidente nacional. Foi uma das lideranças da campanha Diretas Já. Também foi presidente da Câmara dos Deputados durante 1956/57, 1985/86 e 1987/88.

Ulysses morreu em um acidente aéreo de helicóptero, no litoral de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, em 1992. No mesmo acidente morreram sua esposa Mora Guimarães além do ex-senador Severo Gomes, a esposa e o piloto. O corpo de Ulysses nunca foi encontrado.

Hérlon Moraes, do Portal Cidade Verde (Com informações do Estadão Conteúdo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário